Qual a melhor posição para meditar?

Desde que comecei a pensar em meditar me vi diante de um grande problema. Eu dormia sempre que tentava meditar, isso acontecia porque eu ficava muito relaxado.

Antes de conhecer mais sobre o budismo e mindfulness as minhas tentativas de meditação eram através de áudios “guiados de relaxamento” que na época eram todos iguais para mim.

Depois de muitas tentativas, me vi frustrado diante do resultado sempre igual, adormecer e me dar conta disso no dia seguinte.

Fiquei um bom tempo, talvez anos, sem tentar meditar novamente. Há algum tempo, retomei a pesquisa sobre budismo e vi que estava enganado, a meditação é o oposto do que fazia, buscando a atenção plena, assim não tem como dormir se estivermos atentos.

Um dos fundamentos de qualquer meditação é a boa postura, no Zen, por exemplo quando meditamos em Zazen são ensinadas 3 posturas (abaixo), embora possa se meditar em qualquer posição, elas ajudam no processo principalmente para iniciantes.

Eu por ser gordinho e ter pouca flexibilidade medito na posição birmanesa.

Um acessório que me ajudou bastante foi o Zafu, que é uma almofada de meditação. Ela ajuda a elevar o quadril e permanecer em postura por tempos maiores com mais conforto.

Quando fui comprar o meu, tomei o cuidado que o “recheio” dele fosse compacto e firme (casca de trigo sarraceno), as alternativas geralmente de EVA ou estopa são boas, mas com algum tempo de meditação elas ficam compactadas e vão diminuindo de altura, o que para mim aumentava o desconforto.

Com o tempo percebi que, embora possamos meditar de qualquer posição, podemos com pequenas dicas e ajustes tornar a nossa prática mais confortável e atrativa.